Importância da Gestão do Tempo na Alimentação

14/12/2018
Por Juliane Martins

Se sua rotina é muito corrida, se você não tem tempo para fazer tudo que gostaria ou precisa de algumas horas a mais no seu dia, é preciso avaliar a gestão do seu tempo. E gestão do tempo nada mais é que uma forma de direcionar as suas atividades ao longo do tempo por meio da organização e planejamento do uso desse tempo.

E se tratando de alimentação, é fundamental estabelecer uma rotina mais produtiva e tranquila, hábitos saudáveis e uma alimentação equilibrada, pois também são importantes para a saúde do nosso corpo. Um corpo saudável e bem disposto afeta direta e positivamente o nosso desempenho, refletindo assim na produtividade das nossas tarefas diárias. Porém, para isso é necessário empenho, disciplina, planejamento e organização para aumentar a produtividade e conseguir se alimentar bem, sem precisar recorrer a alimentos industrializados e comidas prontas.

A falta de tempo para se alimentar bem ou fazer suas próprias refeições, na verdade, entende-se como falta de prioridade, e se você tem usado esse argumento e não tem priorizado a sua saúde e a qualidade da sua alimentação, provavelmente já sentiu ou está sentindo os efeitos negativos desse comportamento em seu corpo, e se a alimentação sofre, o corpo e a mente sofrem juntos. As consequências de uma alimentação desequilibrada pode desencadear facilmente uma deficiência nutricional, aumento de peso, desenvolvimento de doenças crônicas, fadiga mental, falta de foco, estresse, depressão, cansaço e ansiedade.

Veja agora algumas dicas para você otimizar o seu tempo e ainda ter hábitos mais saudáveis:

  • Faça o planejamento semanal das suas refeições, monte um cardápio dos dias com pelo menos as refeições principais, almoço e jantar;
  • Faça a lista de compras da semana para comprar somente o necessário;
  • Planeje um dia da semana para organizar e preparar as refeições da semana;
  • Deixe frutas, legumes, verduras e saladas higienizadas para você consumir no momento que quiser. Legumes e frutas podem ser congelados em porções e duram até três meses no congelador;
  • Comidas que demandam mais tempo de preparo podem ser feitas e congeladas em porções. Ex.: Feijão, lentilha, grão de bico, sopas e carnes com molho.

Juliane Martins – Nutricionista (CRN 5667)

http://bellasbusiness.com.br/bellas/juliane-martins

Compartilhe: