Prevenção: Exame de Mamas

28/03/2019
Mulher que se ama, se cuida

Dra. Joelma K. Sebastiany CRM/SC 25452 RQE 15745

Eccofemme Ultrassonografia da Mulher.

O autoexame das mamas consiste em incentivar a mulher a examinar suas próprias mamas de modo sistemático e metódico, a fim de que ela descubra nódulos mais precocemente. Isso se baseia na constatação prática de que 80-90% dos tumores e mama são detectados pela própria mulher. Esse fato tem muita importância num país como o nosso onde aproximadamente 50% dos casos de câncer de mama chegam na consulta em estágios avançados. A técnica do autoexame de mama é simples e consiste em inspeção (observar ao espelho se as mamas têm alguma deformação, saliências, retrações, feridas, mudança de cor, saída de secreção do mamilo) e pela palpação. O momento mais natural de fazer a inspeção e palpação é quando a mulher for tomar banho, de tal forma que seja incorporado como um hábito de saúde. A periodicidade do exame deve ser mensal, após cerca de 7 dias da menstruação. As mulheres que já estão na menopausa estabelecem um dia fixo no mês. As mulheres que amamentam podem examinar após a amamentação, quando as mamas estiverem “vazias”. A mulher que encontrar alguma alteração ou nódulo deve procurar seu ginecologista para fazer a avaliação e solicitar os exames de imagem. A mamografia pode demonstrar, inclusive, lesões impalpáveis muitas vezes pré-invasoras. Está comprovado que, isoladamente ou com o exame físico, reduz em 30% a mortalidade das mulheres acima de 50 anos. Geralmente os nódulos de limites bem precisos, arredondados ou ovalados são benignos, enquanto os nódulos irregulares, espiculados, sugerem malignidade. As calcificações são frequentes e, em sua grande maioria, benignas. A ultrassonografia mamária é um valioso complemento à mamografia, sendo superior a esta na avaliação de mamas densas, de jovens e grávidas. É imprescindível para avaliação e manejo dos cistos mamários. Também é realizada para orientar punções e biópsias. A ressonância magnética das mamas é solicitada em situações especiais onde a mamografia e a ultrassonografia não esclarecem o diagnóstico, pois é um exame que emite radiação e tem custo mais elevado.

Compartilhe: